Usuário:

Senha:


Esqueci a Senha!    
Cadastrar-se    



8326223  visitas
Desde 15/10/1999
usuários on-line: 21

 

   Entendendo a arte de tumular



Ampulheta
Símbolo do escoamento do tempo, expressa a idéia de Deus e a idéia de morte.


Asas
Representa a missão divina, estão incorporadas aos anjos, arcanjos, serafins e querubins. Integram também os emblemas dos quatro evangelistas: o leão de São Marcos, o boi de São Lucas, o homem de São Mateus e a águia de São João. Na arte funerária é freqüente encontrá-las associadas à ampulheta.

Coroa
Marca da vitória ou da distinção. A coroa apresenta-se de várias formas e é atributo de inúmeros santos, como Santa Elizabeth da Hungria.

 

Cruz Latina
Simboliza a paixão de Cristo. Conforme a tradição, representa o local em que Cristo foi crucificado e é símbolo da sorte e das esperança. Muito usada em todos os tipos de túmulos, é atributo de inúmeros santos como Santa Helena e São Jorge.


 

Palma
Para os romanos, é símbolo de vitória; para os cristãos, da glorificação celestial, representando o triunfo dos mártires sobre a morte. Quando Cristo segura um ramo de palmeira significa seu triunfo sobre o pecado e a morte.



Vaso

Simboliza o corpo separado da alma (vaso vazio); a eterna felicidade (vaso com um pássaro pousado em sua borda, saciando a sede); a Anunciação (vaso com lírio); a glória e a paz (vaso com óleo santo).



Tocha

É um dos emblemas da traição e, dessa forma, está ligada à paixão. Atributo de certos mártires como Santa Dorotéia e São Domingos .






Envie este artigo para um amigo Imprimir este artigo Comentários







Voltar para a página anterior