Usuário:

Senha:


Esqueci a Senha!    
Cadastrar-se    



8323876  visitas
Desde 15/10/1999
usuários on-line: 79

 

 Cemitério de Balneário Camboriú quer reutilizar sepulturas abandonadas

O Cemitério Municipal de Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense, tomará as sepulturas consideradas abandonadas. Conforme a prefeitura, considerando a média de sepultamentos, há vagas apenas pelos próximos seis meses.
De acordo com a prefeitura, atualmente, dos mais de 4 mil túmulos, 1.090 estão inadimplentes. Por isso, a prefeitura está convocando, por editais, os responsáveis pelos túmulos para regularizar cadastros, anuidades e manutenções.
"Após isso, não respondendo o edital, vão ser exumados e colocados os restos mortais nas caixas do ossário", explica a diretora do patrimônio do município, Claudinéia da Costa Wolff.
No Cemitério Municipal de Navegantes, também no Litoral Norte, o problema se repete. A prefeitura diz estar atrás de um terreno para ampliar o espaço. "É um processo demorado, tem que ser feito estudo do ambiente, com Vigilancia Sanitária e outros órgãos", disse o consultor administrativo Roberto Celisinski.
Vagas em outros jazigos
Joelma Delfino foi uma das moradoras de Navegantes que sofreram com a falta de vagas. A filha dela morreu e não havia onde enterrá-la. Por isso, o corpo foi levado para o túmulo da família da madrinha. Entretanto, a madrinha morreu 15 dias depois, ficando sem vaga no próprio jazigo.
"Apesar de a madrinha ter feito um favor, porque eu sabia que ela gostava da minha filha, eu fiquei muito constrangida com isso", disse Joelma Delfino. A madrinha teve que ser enterrada no túmulo de um parente.


Fonte: Do G1 SC


Envie este artigo para um amigo Imprimir este artigo Comentários








Voltar para a página anterior