Usuário:

Senha:


Esqueci a Senha!    
Cadastrar-se    



 

   Como Conversar Sobre a Morte

        O que é morrer?

        Uma pessoa morre porque o corpo parou de funcionar. O coração deixa de bater, ela não respira mais nem sente frio, fome ou dor.

        Para onde a pessoa vai depois que morre?

        ''Cada pessoa deve responder de acordo com a sua crença'', afirma  a psicóloga Luciana Mazorra. Também não é preciso ter medo de dizer que não sabe. O importante é não inventar histórias fantásticas como dizer que o morto virou uma estrela.

        Eu vou ver ela de novo?

        Não. Mas você pode ver fotos e, de vez em quando, até sonhar com ela.

        Por que o pai me deixou?

        As pessoas não morrem porque querem. Papai ficou muito doente (ou sofreu um acidente etc.). ''Explique a causa da doença'', aconselha Luciana. ''Isso ajuda a criança a perceber que não há um motivo mágico.''

        Eu também vou morrer?

        E vocês?

        Um dia todo mundo morre. Você e eu estamos bem - e vou me cuidar muito para poder continuar a seu lado por muito tempo.

Deve-se levar as crianças no velório?

        A resposta é sim. Isso ajuda a tirar a morte do plano imaginário e permite a criança dizer adeus ao parente que perdeu. Os psicólogos recomendam alguns cuidados nessa situação:

        - Deixe-a decidir se deseja ir ao funeral. Ela não precisa ficar o tempo todo. Dez minutos já são suficientes.

        - Antes, explique o que vai acontecer lá: as pessoas vão chorar, o falecido estará deitado em um caixão, etc.

        - Tente aproveitar o momento para transmitir valores positivos ou religiosos nos quais a família se apóie.

 

 

Aline Angeli

Revista Cláudia - Maio de 2001






Envie este artigo para um amigo Imprimir este artigo Comentários






Voltar para a p�gina anterior